• Logomarca Governo do Estado do RN
  • Governo do Estado do RN
  • Jul 24 2017 10:57AM

Projetos

Ligando Coraes (Doao de medula ssea)

HEMONORTE20 Sep 2013 14:16

HEMONORTE
Ligando coraes

Em Agosto de 2005 foi lançado no Hemonorte o Projeto Ligando Corações, com objetivo de incrementar ações de educação em saúde que venham esclarecer, sensibilizar diversos segmentos sociais da capital e do interior do Estado, para participarem ativamente como educadores, mobilizadores e multiplicadores no processo de adesão da população à doação voluntária de medula óssea.

O transplante de medula óssea é a única esperança de cura para portadores de aplasia medular, leucemias e alguns tipos de câncer e a doação é um gesto extremamente importante e solidário, que poderá representar a continuidade da vida para estes pacientes.

Vamos compartilhar esta responsabilidade? Conheça um pouco sobre a doação de medula óssea.

Perguntas e Respostas

 

O que é Medula Óssea?

É o tecido encontrado no interior dos ossos que produz os componentes do sangue.

 

Como é realizada a doação da medula?

Existem duas formas de doar medula:

1- Punção direta da medula - realizada com agulha, na região da bacia onde se retira uma quantidade de medula equivalente a uma bolsa de sangue. Este procedimento dura em média 40 minutos, ocorrendo o uso de anestesia.

2- Coleta pela veia - realizada pela máquina de aférese. O doador recebe um medicamento por 5 dias que estimula a proliferação das células mãe que migram da medula para as veias e são filtradas. Este processo dura em média 4 horas.

Dentro de poucas semanas a medula doada será recomposta, não ocorrendo nenhum dano a saúde do doador.

 

Por que é importante ser doador de medula?

É muito difícil encontrar um doador de medula compatível, mesmo na própria família. Em nosso país a mistura racial é muito grande, e isso dificulta ainda mais a procura pelo doador ideal. Portanto, a existência de um número cada vez maior de pessoas interessadas em doar, facilita a busca por um tipo de medula compatível. A chance de se encontrar uma medula óssea compatível com a de outra pessoa no Brasil é de 1 em 100.000.

Se não existe doador compatível entre os familiares do paciente procura-se um doador compatível em um banco de medula óssea. O banco necessita de um número elevado de voluntários para aumentar a possibilidade de encontrar um doador compatível.

 

O que acontece com o doador antes da doação?

Ele passa por um exame clínico para verificar seu estado de saúde. Não há nenhuma exigência quanto a mudanças de hábitos de vida, de trabalho ou alimentação.

 

 Como os pacientes recebem a medula óssea?

Depois de um tratamento que destrói a própria medula, o paciente recebe a nova medula por meio de transfusão. Em duas semanas, a medula transplantada já estará produzindo células novas.

 

Como me cadastrar para tornar-me um doador de medula óssea?

Você precisa ter entre 18 e 55 anos e estar em bom estado de saúde. Dirigir-se ao setor de Serviço Social de uma das unidades de coleta do HEMONORTE , receber todas orientações do processo de doação , preencher ficha de cadastro e assinar termo de consentimento. Colher 5 ml de sangue para realização do exame para tipagem do seu HLA(Antígenos de Histocompatibilidade). Sua tipagem HLA e seus dados pessoais serão encaminhados para o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea ( INCA – Rio de Janeiro) que realizará diariamente o cruzamento das informações dos doadores e pacientes em busca da compatibilidade. Depois é só aguardar. Se aparecer um paciente com uma medula compatível com a sua, você será chamado. Se for compatível na primeira fase novos testes sanguíneos serão necessários para confirmação da compatibilidade. Se a compatibilidade for confirmada, você será consultado para decidir a doação.

 

Então, o que está esperando?

O Hemonorte e todas as pessoas que necessitam de transplante esperam sua solidariedade. Participe desta corrente pela vida.

 

Mais esclarecimentos:

acessar www.inca.gov.br Email: redome@inca.gov.br

Telefones para informações, agendamentos de palestras e campanhas com o HEMONORTE – 3232- 6724 / 6759.

Notcias do RN